• Vigiai e Orai

Solenidade de Santa Clara em Jerusalém

Um oásis de paz, contemplação e silêncio no coração da cidade nova de Jerusalém. Uma presença cristã que reúne em oração o grito de paz e de vida que desde sempre sai desta terra.


É a partir deste pequeno mosteiro, que as irmãs Clarissas, junto com sacerdotes e cristãos locais, fizeram memória da seguidora de São Francisco de Assis com uma missa presidida por Dom Giancinto Boulous Marcuzzo.


- “Hoje celebramos a solenidade da Madre Santa Clara, que é a nossa fundadora. Como mosteiro de Clarissas franciscanas, vivemos a nossa vocação em união e comunhão com os frades da Custódia da Terra Santa.” - Disse Madre Maria Chiara Bosco, Abadessa do Convento das Clarissas em Jerusalém.


Solenidade de Santa Clara em Jerusalém

O testemunho de Clara de Assis ainda é atual na Igreja e no mundo.


- “Podemos aprender com ela a virtude que se chama espírito de pobreza, que não é apenas a pobreza material, mas também a pobreza moral. Depois a contemplação também em nossa vida cotidiana de cada dia, seja para os leigos, religiosos ou sacerdotes. Apontar para o essencial. Isto é o que Santa Clara nos diz, além de nos chamar à oração pela paz.” - Dom. Jacinto Boulos Marcuzzo, Vigário Patriarcal Latino para Jerusalém e Palestina.


Como Francisco leva o Evangelho do Amor, pelas ruas aos homens, a nossa vocação é permanecer e levar os homens a Deus. Madre Maria Chiara Bosco

A vida de Clara ontem, como a das Irmãs pobres hoje, é qualificada pelo silêncio, escondida no amor de Deus.


- “A Madre Santa Clara usava uma imagem para falar de nossa vida de clausura que é a do ventre materno: um lugar pequeno e limitado mas que acolhe e preserva a vida e a gera, não fisicamente, mas no espírito.” - Madre Maria Chiara Bosco


#SantaClaraDeAssis

vigiaieorai.com © 2017 - 2020

Todos os direitos reservados.