• Vigiai e Orai

Santos de calça jeans: São João Paulo II realmente escreveu esse texto?

São João Paulo II e os “Santos de calça jeans”


O nome da carta direcionada aos jovens por São João Paulo II é: Carta Apostólica Dilecti Amici, do ano de 1985, não Santos de calça jeans, que não foi comprovada sua veracidade

Provavelmente alguma vez na vida você já deve ter recebido em grupos de Whatsapp, lido em páginas do Facebook ou do Instagram e até mesmo compartilhado o texto "Santos de calça jeans", que afirmam ser de São João Paulo II. Mas, será que realmente é dele?


Não se sabe como surgiu essa suposta carta de Karol Wojtyla direcionada aos jovens, mas a Internet oferece algumas pistas. Santos de calça jeans aparece traduzido ao inglês no site Wikipédia em uma entrada de 3 de abril de 2005, no dia seguinte da morte de São João Paulo II.


Nesta entrada, o usuário Henrique Vicente (cujo perfil na Wikipédia não contém dados adicionais) oferece a tradução ao inglês deste texto e assinala que se trata de uma suposta "carta de João Paulo II aos jovens" que já era "muito popular" no Brasil. O colaborador do site admite na entrada que não conseguiu encontrar este texto no site oficial do Vaticano e que tampouco pôde achá-lo em outro idioma na Internet. Mas, não duvidava que fosse do Santo e assegurava, mesmo sem fonte alguma, que Karol Wojtyla escreveu originalmente em português pois conhecia este idioma.


O Wikipédia se define como "um projeto de enciclopédia Web multilíngue de conteúdo livre baseado em um modelo de edição aberta" e assegura que "qualquer pessoa com conexão a Internet pode editar" seus conteúdos com um pseudônimo.


Entretanto, o site tem como normas a "verificabilidade: todos os artigos devem incluir referências às fontes de onde provém a informação" e que "as fontes de onde provém a informação devem ser fontes confiáveis". Resulta evidente que a publicação do Santos de calça jeans não cumpriu com estes requisitos.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Pouco depois da beatificação de João Paulo II, o texto de sua suposta carta (em realidade nunca escrita pelo Papa Wojtyla) voltou a circular massivamente, desta vez em espanhol e com algumas "atualizações". Por exemplo, enquanto a primeira versão em português dizia "que escutem Walkman" (os antigos sistemas de fitas cassetes portáteis da empresa Sony) a nova versão diz Ipod, da empresa Apple.


Confira abaixo o texto Santos de calça jeans

Precisamos de Santos que vão ao cinema, ouvem música e passeiam com os amigos.

Precisamos de Santos que coloquem Deus em primeiro lugar, mas que se "lascam" na faculdade.

Precisamos de Santos que tenham tempo todo dia para rezar e que saibam namorar na pureza e castidade, ou que consagrem sua castidade.

Precisamos de Santos modernos, Santos do século XXI com uma espiritualidade inserida em nosso tempo.

Precisamos de Santos comprometidos com os pobres e as necessárias mudanças sociais.

Precisamos de Santos que vivam no mundo se santifiquem no mundo, que não tenham medo de viver no mundo.

Precisamos de Santos que bebam Coca-Cola e comam hot dog, que usem jeans, que sejam internautas, que escutem iPod.

Precisamos de Santos que amem a Eucaristia e que não tenham vergonha de tomar um refrigerante ou comer pizza no fim-de-semana com os amigos.

Precisamos de Santos que gostem de cinema, de teatro, de música, de dança, de esporte.

Precisamos de Santos sociáveis, abertos, normais, amigos, alegres, companheiros.

Precisamos de Santos que estejam no mundo; e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo, mas que não sejam mundanos".


Carta Apostólica Dilecti Amici

Porém, para não dizer que tudo é fake news, São João Paulo II realmente direcionou uma carta aos jovens. É o documento Carta Apostólica Dilecti Amici (aos amigos diletos) de 1985, por ocasião do ano internacional da Juventude.


Clique e leia a Carta Apostólica Dilecti Amici, disponibilizada no site do Vaticano. Contudo, infelizmente, o documento não foi traduzido para o português.


#Papa #SãoJoãoPauloII #FakeNews #SantosDeCalçaJeans

vigiaieorai.com © 2017 - 2020

Todos os direitos reservados.