• Vigiai e Orai

Garabandal: O Aviso

O Aviso mundial: Quando foi dado a conhecer?

Quanto ao Aviso, as referências iniciais datam de 1º de janeiro de 1965 durante as aparições de Nossa Senhora do Carmo em Garabandal. Neste dia, Conchita encontrava-se sozinha nos pinheiros, quando a Virgem comunicou-lhe que daria uma última mensagem ao mundo, a qual iria encerrar o ciclo de Garabandal. A seguir, transmitiu uma mensagem particular, que ela prontamente comunicou ao padre Laffineur. Diz o seguinte:


O Aviso que a Virgem nos vai enviar é à maneira de castigo, para aproximar os bons mais de Deus e para advertir os demais. Em que consiste o Aviso, não posso revelar. A Virgem pediu-me para manter em segredo. Queira Deus que, graças a esse Aviso, nos emendemos e cometamos menos pecados contra Ele. Conchita González.

"O Aviso está associado a uma espécie de "invasão" em Roma, em que o comunismo jogará um papel muito importante. E que estes acontecimentos teriam lugar antes do Aviso, que ocorreria quando a situação estiver no seu pior momento." Jacinta González.


A Jacinta ouviu de Nossa Senhora que "o Aviso virá quando as condições estiverem no seu pior."

Sabemos que as coisas piorarão muito durante o Reinado do anticristo, e quanto mais adiantado estiver, maior será a probabilidade de acontecer o Aviso.


É um fruto dos nossos pecados

Se não pecássemos tanto, não havia necessidade desta intervenção de Deus, nem de enviar a Virgem Maria nesta emergência em que vivemos. E pecamos tanto, porque perdemos a consciência dos pecados que cometemos. Daí haver necessidade de recuperarmos essa consciência e voltarmos a uma vida de Graça e de cumprimento da Vontade de Deus enquanto pessoas, e numa Teocracia enquanto Nações e Povo de Deus.


Será mil vezes pior que terremotos. Será como fogo. Não queimará a nossa carne, mas senti-lo-emos corporal e interiormente. Ninguém escapará. Seria preferível morrer a suportar por cinco minutos que fosse, o que nos espera. Seria melhor estarmos na Igreja perto do Santíssimo.


Será como fogo. Não queimará a nossa carne, mas o sentiremos no corpo e no espírito. Todas as nações e todas as pessoas o sentirão da mesma forma. Ninguém escapará. E mesmo os não crentes conhecerão o temor de Deus. Mesmo que te metas em casa e feches a porta e os postigos, não escaparás; sentirás e verás, apesar de tudo. Sim, é verdade que a Virgem disse-me o nome do fenômeno. Este nome existe no dicionário. Começa com A. Mas pediu-me para não revelar.

Será um fenômeno que existe no dicionário espanhol e começa pela letra "A"



Este fenômeno tanto se pode pensar que será uma Aparição, ou uma Alucinação colectiva ou provocado pelo impacto de um Asteroide, ou sabe Deus o que mais poderá ser.


A ciência não poderá explicá-lo

A ciência não poderá explicá-lo, mas de certeza de que vão surgir "inteligentes" que vão dar explicações, tal como profetizado pelo Juan Antonio em revelações pessoais que teve:


“O mundo inteiro saberá muito bem que esses sinais e esses avisos virão de Deus, mas apesar disso muitos os ridicularizarão e tentarão arranjar explicações, mais loucas umas que outras, para explicar estes fenômenos realmente extraordinários.”

Conchita González

Sobre a natureza do Aviso, temos ainda esta explicação de Conchita à tia Maximina, que ela depois consignou por escrito:

"Disse-me que um dia iríamos sofrer um desastre horrível. Em todas as partes do mundo. Ninguém escapará. Os bons, para se aproximarem mais de Deus; os outros, para se emendarem."


"Já a sua realização será um novo motivo de credibilidade, anunciá-lo e reafirmá-lo a todos é a solicitude mais fraterna que podemos ter para com o mundo", aconselha o padre Laffineur.


"Se eu não conhecesse o Castigo que está por vir "- continua Conchita González, explicando à jovem Angelita -, "diria que não há castigo maior do que o Aviso. Mas ele durará bem pouco tempo."





"Será horrível em grau máximo" - explica ainda. "Ah, se eu pudesse contá-lo a todos vós como a Virgem me contou a mim! Ele é um fruto dos nossos pecados. Pode produzir-se de um momento para outro; eu espero-o todos os dias. Se soubessem o que é, ficariam horrorizados!"

"Por que não o torna público, para que o saibam todos os que vêm aqui?" - perguntam-lhe.

"Estou cansada de dizer, ninguém faz caso."


Dias mais tarde, voltam ao assunto: "Conchita, desde que me fez estas confidências, penso muitas vezes no céu."

"Eu também" - responde a vidente. "De modo especial quando vou para a cama. Tenho muito medo de que aconteça durante a noite. Não nos damos conta da medida com que ofendemos ao Senhor. A Virgem disse-me que todos sabem da existência do inferno e do céu. Mas pensam nisto apenas por medo e não por amor a Deus. Por culpa dos nossos pecados, seremos nós mesmos a causa da natureza do Aviso."


O Aviso é uma coisa que vem diretamente de Deus. Será visível no mundo inteiro, qualquer que seja o lugar onde alguém se encontre. Será como que a revelação (interior a cada um) dos nossos pecados. Vê-lo-ão e sentirão tanto os crentes quanto os não crentes de todos os países. E mais: É como uma purificação para o Milagre. É como uma catástrofe. Fará com que pensemos nos mortos, ou seja, que prefiramos estar mortos a sofrer o Aviso.

"...a sua realização será um novo motivo de credibilidade, anunciá-lo e reafirmá-lo a todos é a solicitude mais fraterna que podemos ter para com o mundo." Pe. Laffineur.


Os não cristãos acreditarão que é um Aviso de Deus

Só o fato de os não cristãos acreditarem que vem de Deus é um grande passo, já que depois se saberá que tudo isto tinha sido profetizado pela Virgem Maria em Garabandal, e logicamente atrairá atenção de todo o mundo para a Virgem Maria e a Igreja Católica.


Durará um tempo muito breve, e o mundo como que parará

Terá a duração de uns minutos, mas que provavelmente parecerá uma eternidade.


Os católicos irão suportá-lo melhor, pelo simples fato de que tendo a possibilidade e o hábito de recorrer ao Sacramento da Confissão, e sendo os seus pecados perdoados, terão uma culpa menor do que os homens que pertencem a outras religiões. O Sacramento da Confissão é de fato determinante neste aspecto. Os católicos recorrendo mais do que os outros ao exercício do exame de consciência, terão assim uma melhor aptidão de não sofrerem tanto com a visão da sua vida, pois ela de certa maneira vai sendo melhorada no tempo através do Sacramento de Deus. Mas atenção, porque há muitos que se dizem católicos, mas de católicos só têm o nome, e esses provavelmente até poderão ser os que mais irão sofrer pela sua hipocrisia e tibieza.


Far-nos-á conscientes de todo o mal que temos feito

Este será o grande fruto do Aviso, para podendo ver o mal que temos feito, nos conduzir ao arrependimento, à confissão dos nossos pecados, a uma emenda de vida, a uma verdadeira conversão.


"O Aviso será uma correção de consciência do mundo... O Senhor o enviará para nos purificar, a fim de podermos apreciar melhor o Milagre, pelo qual prova-nos claramente o seu amor." Conchita González.

Poderão morrer pessoas pela emoção vivida ao ver e sentir o Aviso

O homem nunca pecou tanto como peca hoje em dia, só que não tem consciência do seu pecado. Quando tomar consciência desse pecado, ficará horrorizado.


"Causará mortes?" - perguntou-lhe por escrito Padre Laffineur para a vidente.

"Se morremos não será pelo fato do Aviso em si, mas pela emoção que teremos ao vê-lo e senti-lo." respondeu Conchita.


"Depois do Aviso, tu amarás muito mais a Deus." Conchita.


Um Sínodo importante antes do Aviso...

Maria de las Nieves, Madre Superiora de Conchita, durante o tempo em que a vidente estudou no colégio de Burgos, conta-nos que Nossa Senhora disse a Conchita González numa das aparições, que antes do Aviso e dos acontecimentos futuros acontecerem, ocorreria um Sínodo muito importante para a Igreja. A tia de Conchita que estava presente, disse a Conchita:

-Será que tem a ver com o Concílio? (Nota: isto porque no tempo das aparições, estava a ocorrer o Concílio Vaticano II).

- Conchita respondeu: "Nossa Senhora não me falou de Concílio, apenas me disse que se tratava de um Sínodo." (Naquela altura, a palavra Sínodo não era ainda usada, pois foi um dos pontos que foi implementado pós Concílio Vaticano II).


Tempo de Pré-aviso

Um Cisma antes do Aviso?

De acordo com várias entrevistas que foram feitas tanto às videntes como em relação a pessoas que estiveram por perto destes acontecimentos foi dito o seguinte:


A respeito do Aviso, e antes dele acontecer, a situação na Igreja vai ser muito má, a ponto de que um acontecimento irá ocorrer, que será doloroso e devastador. Na verdade, Serafim, o irmão mais velho de Conchita González disse que ouviu a sua irmã durante um êxtase, a anunciar que o Aviso viria depois de uma lágrima dolorosa da Igreja, uma espécie de cisma. Assim, o Aviso que virá, estará associado a um mistério doloroso que a Igreja vai atravessar..


Mari Loli, uma das videntes de Garabandal

- Da mesma forma, Mari-Loli, uma das quatro meninas de Garabandal, também disse que nessa altura "o Papa não poderia estar em Roma abertamente ....que o iam perseguir e que teria que se esconder...". E isso ocorreria antes do Aviso.


- Por outro lado, sabe-se que no futuro Milagre de Garabandal, o "Papa verá o Milagre onde quer que esteja", o que poderá indiciar que ele não estará no Vaticano nesta altura.


Comunismo

"Nós perguntamos à Virgem o que era este sofrimento e ela disse-nos que era o "comunismo." Conchita González.


O que vai acontecer antes do Aviso...

Falar do comunismo hoje parece quase ultrapassado. O comunismo já não será assunto do passado? Conforme o que a Santíssima Virgem disse às videntes de Garabandal, a resposta é "não". O comunismo virá novamente e irá causar grande dor e sofrimento.


"Quando o comunismo regressar, então tudo acontecerá." - Citação de Conchita no livro alemão de Albrecht Weber.


"Apesar de continuar a ver Nossa Senhora (durante a primeira noite dos gritos), nós vimos uma grande multidão de pessoas que estavam a sofrer intensamente e que gritavam de terror. A Mãe Santíssima explicou-nos que esta grande tribulação, que não era o Castigo, viria porque teria chegado um tempo em que Igreja parecia estar a ponto de morrer. Ela (a Igreja) iria passar por um terrível sofrimento. Nós perguntamos a Nossa Senhora o que é este grande sofrimento e ela disse-nos que era o "comunismo". Mari Loli

Conforme Garabandal, o comunismo será novamente uma força que vai ser utilizada com uma tentativa final de domínio mundial. Em 29 de setembro de 1978, Padre Francis Benac, S.J., entrevistou Mari Loli na sua casa em Massachusetts. Aqui estão algumas das perguntas e respostas dessa entrevista.


- Nossa Senhora falou do comunismo?

Nossa Senhora falou muitas vezes sobre o comunismo. Eu não me lembro quantas vezes, mas ela disse que seria um tempo em que pareceria que o comunismo envolveria o mundo inteiro. Eu penso que foi quando ela nos disse que os sacerdotes teriam dificuldade de celebrar missas e falar sobre Deus e sobre as coisas divinas.


- A sua mãe disse-me que uma noite estavas no andar de cima, com o teu pai, e que tu chorastes durante uma hora. Depois, o teu pai disse algo a esse respeito: "Eu vi algo de muito tocante. A Loli estava a chorar, enquanto dizia: "Ó, as pessoas irão sofrer assim? As pessoas devem sofrer desta forma? Ó, como me faz sofrer!" . Lembras-te do que disse neste momento?

Era relacionado com o comunismo e o que estava para acontecer na Igreja e às pessoas, porque todas estas coisas eram a repercussão entre as pessoas. Quando a Igreja sofrer a confusão, as pessoas vão sofrer também. Alguns padres que são de ideologia comunistas irão criar de tal maneira uma confusão, que as pessoas não saberão o que é certo e o que é errado.


Nós não sabemos quando isso irá acontecer, mas o livro de Albrecht Weber contém este depoimento atribuído à Conchita: "O papa irá à Rússia, a Moscou. Assim que ele retornar ao Vaticano, as hostilidades irão explodir em diferentes partes da Europa."


(A fonte desta informação também foi questionada. O sr. Weber respondeu: "Conchita disse-me isso numa longa conversa em sua casa, a 14 de novembro de 1965).

Um domínio comunista mundial parecerá ocorrer no meio desta agressão assustadora que culminará com a perseguição da Igreja. Os sacerdotes terão de se esconder, as igrejas serão lacradas e tornar-se-á muito difícil para os fiéis praticarem a sua religião. Parecerá que a Igreja terá desaparecido. A duração desta perseguição não é conhecida, mas irá exigir um ato de Deus, o Aviso, para detê-la.


A perseguição seria apenas na Europa?

Ao ser questionada sobre isso, Loli respondeu que o modo com que ela viu, pensou que seria mais do que isso. A tia de Conchita, Antonia, afirmou ter ouvido as videntes dizerem em êxtase que "se nós não mudarmos os nossos modos, a Rússia irá tomar posse do mundo inteiro". Se este for o caso, então a perseguição será em toda parte, além dos confins da Europa.


Como irá Terminar

"Estes eventos difíceis ocorrerão antes do Aviso, porque o Aviso apenas irá ocorrer quando a situação estiver no seu pior momento." Jacinta

Saiba mais sobre Garabandal



Garabandal

Milagre

Castigo

vigiaieorai.com © 2017 - 2020

Todos os direitos reservados.