Aumenta o número de missionários assassinados
  • Vigiai e Orai

Aumenta o número de missionários assassinados em 2018

No ano passado, 40 missionários foram assassinados em todo o mundo, quase o dobro dos 23 de 2017, sendo 35 deles sacerdotes. Por outro lado, enquanto nos últimos oito anos o maior número de missionários mortos foi na América, em 2018 a África foi o continente com mais mortes.


40 missionários foram assassinados em 2018

De acordo com as informações coletadas pela Agência Fides para o ano de 2018, 40 missionários foram mortos: 35 sacerdotes, 1 seminarista e 4 leigos. Na África, 19 sacerdotes, 1 seminarista e 1 leigo foram mortos (21 no total); na América, 12 padres e 3 leigos foram mortos (15); na Ásia 3 sacerdotes foram mortos (3) e na Europa 1 padre foi assassinado (1).


A palavra "missionário" refere-se aos batizados, sabendo que "em virtude do Batismo recebido, cada membro do Povo de Deus se tornou um discípulo missionário" (Mt 28,19). Cada um dos batizados, seja qual for sua função na Igreja e o grau de iluminação de sua fé, é um agente evangelizador "(EG 120).


Além disso, na lista anual da Fides desde muito tempo, não são apenas os missionários, mas a todos os batizados comprometidos com a vida da Igreja, mortos violentamente, não necessariamente " por ódio da fé ". Por esta razão, não foi utilizada a palavra "mártires", se não apenas em seu sentido etimológico de "testemunhas", de modo a não entrar no julgamento que a Igreja pode dar mais tarde sobre alguns deles.


#cristãos #assassinados #cristãossendomortos #mortedecristãosnomundo

vigiaieorai.com © 2017 - 2019

Todos os direitos reservados.